Sérgio Carvalho

Fotografia

Piauiense, começou a fotografar na década de 90  e desenvolve a fotografia como expressão artística e documental com forte viés humanista. Participou de diversas exposições, salões de arte e festivais de fotografia  como: deVERcidade e Encontros de Agosto, em  Fortaleza, FotoArteBrasília (2010), Festival de La Luz - Argentina (2010), Photobook Award -  Kassel, Alemanha (2011),  Festival Latino-americano de Fotojornalismo POY LATAM 2013 e Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia - Belém (2015). Em 2010, publicou os livros "Docas do Mucuripe" e "Retrato Escravo". O primeiro, em co-autoria com o fotógrafo Paulo Gutemberg e o segundo em co-autoria com o fotógrafo João Roberto Ripper – livro que foi indicado como um dos melhores de 2010 pelo Interncional Photobook Festival, Kassel, Alemanha.  Nos anos seguintes, publicou o livro “Barbearia do Tempo” (2011), “Às vezes, criança – um quase retrato de uma infância roubada” (2012), em co-autoria com o poeta maranhense Rubervam Du Nascimento e as obras coletivas, “Homens-Caranguejo” (2013), “Caminho das Abelhas”(2016) e Sereias(2016), este último em co-autoria com a fotógrafa Fernanda Oliveira. É membro-fundador do IFOTO – Instituto da Fotografia, em Fortaleza/CE, onde reside desde 1999.

VOLTAR